Home >> Literatura >> HQ's >> Vamos falar de série: True Blood
True Blood

Vamos falar de série: True Blood

52 Flares Twitter 2 Google+ 2 Facebook 48 Pin It Share 0 Email -- Filament.io 52 Flares ×

Ou, a última gota do sangue verdadeiro

Olá pessoas. No último Domingo 24/08 passou o último episódio de True Blood. Pra quem não conhece, True Blood foi uma série da HBO (ou seja, muito sangue e sexo) que começou em 2008 e acabou de acabar, a série teve 7 temporadas num total de 80 episódios.

True Blood foi baseada numa série de livros chamados “As Crônicas de Sookie Stackhouse” da escritora Charlaine Harris. Mas como toda adaptação tem suas mudanças, não é exatamente uma cópia. Alguns personagens da série são diferentes ou nem existem nos livros, como é o caso da nossa querida Jessica Hamby (Deborah Ann Woll) que não existe nos livros (ahh, eu queria dizer que, como o livro e a série são diferentes, não caracteriza como Spoiller, pois tenho certeza que vocês não leram os livros [ainda]). Outra diferença também é o final da série (não gostei do final dos livros, porém também não gostei do final da série). Pra vocês terem uma idéia, quando Charlaine terminou de escrever os livros ela recebeu algumas ameaças. Alguns leitores ameaçaram colocar fogo em sua casa caso ela não mudasse o final (isso me deu uma idéia, alguém sabe o endereço de quem escreveu Lost? – Te cuida J.J.), mas felizmente foram só ameaças.


Dê o play e continue lendo! Trilha sonora na leitura do seu Vamos Falar de Série!


Na série, um cientista japonês conseguiu criar uma espécie de sangue sintético (tinha que ser japonês com sua suprema tecnologia) com as mesmas características do sangue humano. Dito isso, vampiros não precisam mais se alimentar de pessoas, logo, podem conviver pacificamente com os humanos. Porém muitos vampiros não querem conviver pacificamente, outros até querem, mas estão tão habituados a viver isolados e se alimentando de humanos que simplesmente não conseguem. A série gira em torno de Sookie Stackhouse (Anna Paquin) que é uma garçonete no bar de Sam Merlotte (Sam Trammell). Sookie tem uma característica única, ela pode ouvir o pensamento das pessoas (e absorver os poderes de outros mutantes, não péra, isso é a Vampira de X-Men), muitas vezes ela não consegue controlar seu poder e acaba ouvindo coisas que não deseja. Quando Sookie conhece o Vampiro Bill Compton (Stephen Moyer) logo percebe que por ele ser vampiro ela não pode ler seus pensamentos. Então Sookie tem que conversar com Bill para poder conhecê-lo melhor, isso faz com que ela acabe se apaixonando por ele.

A comunidade de Vampiros é bem organizada, com suas próprias regras e leis. Para cada estado existe um vampiro nomeado Xerife pra manter a ordem. O Xerife da área 5 (a série se passa na cidade de Bons Tempos que fica na área 5) é Eric Northman (Alexander Skarsgård). Não demora muito para Eric se tornar rival de Bill, e também um pretendente para Sookie. Além de Vampiros a série conta com outras criaturas como metamorfos, lobisomens, homen-pantera, fadas, bruxas, entre outros.

A primeira temporada começou com pouca audiência, mas foi muito boa. A história gira em torno de uma série de assassinatos, onde temos alguns suspeitos, mas não sabemos o verdadeiro culpado, não até próximo ao final da temporada, é claro.

A Segunda temporada já teve uma enorme audiência,tornando-se a série mais vista da HBO após o fim de “OS Sopranos” (porém essa é a temporada que menos gosto). A segunda temporada já começa introduzido novas criaturas, e em maior número. Até então havia praticamente só humanos e vampiros. Aqui também é marcante um aumento no conflito entre humanos e vampiros. Nessa temporada a grande vilã é Maryann Forrester (Michelle Forbes) que é uma “Bacante” (na mitologia grega é uma adoradora de Dioniso – não confunda com Dionísio). Nessa temporada conhecemos Godric (Allan Hyde), um dos vampiros mais velhos que existe (e o mais massa de todos), criador de Erik.


Quer mais música? Toma ae!


Na Terceira temporada de True Blood, a série já havia conquistado um grande público, podemos citar alguns famosos como a cantora Pitty, Snoop Dogg e mais importante de todos, eu, sim, EU. É nessa temporada que surgem os Lobisomens. Também é aqui onde Sookie aprende um pouco mais sobre ela, e descobre porque ela consegue ler mentes (não, ela não absorveu os poderes da Jean Grey, são personagens diferentes, só a atriz é a mesma).

A quarta temporada de True Blood é marcada pelas bruxas e também por fadas. É também nessa temporada onde a Sookie mais precisa de seus poderes. A Quinta temporada perdeu um pouco a audiência, mas é uma das melhores temporadas e tem o melhor season finale de todas as temporadas. Aqui temos alguns conflitos internos entre Vampiros. É quase uma briga religiosa, onde os Vampiros rezam para seu “deus”, Lilith. Enquanto isso, Sookie e seu irmão Jason (Ryan Kwanten) passam boa parte da temporada procurando notícias de seus falecidos pais, e acabam descobrindo que é culpa de um fada/vampiro chamado Macklyn Warlow (Robert Kazinsky).


Trailer da quinta temporada apresentado na Comic-con de 2012


Na Sexta temporada é aberta a caça aos vampiros, enquanto isso Sookie conhece Warlow e tenta descobrir se é amigo ou inimigo. Nessa temporada um personagem querido (não vou dizer quem é pra não estragar a surpresa) acaba se tornando também um dos piores inimigos dos humanos. Essa é também uma das melhores temporadas.

A sétima temporada não agradou muito (foi a que Eu menos curti). true Blood veio de uma sequência de boas temporadas, e então deu um decaída muito grande. Foi um pouco superficial, aconteceu muita coisa que deveria causar muita emoção, mas por não se aprofundarem muito não teve tanto impacto. A sétima temporada é marcada por uma doença chamada hepatite V, que atacas os vampiros, causando sua morte e claro a busca por uma cura, ou simplesmente a sobrevivência.

True Blood é uma série com foco em vampiros, apesar de trazer um mundo de outras criaturas. E ela faz muito bem o seu papel. Traz de volta todo o lado sombrio dos vampiros, a sede por sangue e o medo que impõe nas pessoas. Mas além de ser uma figura das trevas, o vampiro é uma figura sexual. É alguém que instiga todos os sentidos e emoções do ser humano, desde o medo, até o apetite sexual. Por falar em apetite sexual, uma grande marca da série é como ela trata a homossexualidade. Na série é muito normal cenas quentes entre pessoas do mesmo sexo, tanto humanos quanto vampiros. Um dos personagens de maior sucesso na série é gay, e ele é o mais engraçado. Lafayette Reynolds (Nelsan Ellis) é cozinheiro no bar de Sam, além disso, é traficante, inclusive de V (na série, sangue de vampiro é usado como droga, e recebe o nome de V).

Outra coisa legal são os Websódios (pequenos episódios feitos pra internet), vou deixar aqui um episódio do Vlog da Jessica. Vocês podem ver todos no canal True Blood do Youtube!



A série ganhou muitos prêmios incluindo um Globo de Ouro, um Emmy e quatro Satellite Awards. Além disso ganhou vários Scream Awards (que na minho opinhião é o prêmio mais legal que existe, mas isso é assunto pra outro post).

Uma curiosidade interessante sobre os atores de True Blood: Anna Paquin e Stephen Moyer que interpretam o par romântico Sookie e Bill se conheceram nas filmagens e acabaram se entendendo bem. Hoje eles são casados e tem 2 filhos gêmeos (o que me faz pensar que essa história de beijo técnico não existe). Outra curiosidade é que foi lançado uma série de HQs baseadas na série.

True Blood HQ

Capa de True Blood #6 (Foto: Reprodução)


 

Bom pessoal, essa foi minha análise de True Blood, espero que gostem. E queria saber se vocês o que acharam da série. E quem não assistiu, acho que é uma ótima série e vale a pena ser vista sim.

Não esqueça, toda quarta e todo domingo (e as vezes na quinta!) tem Vamos Falar de Série!

52 Flares Twitter 2 Google+ 2 Facebook 48 Pin It Share 0 Email -- Filament.io 52 Flares ×
The following two tabs change content below.
Blastoise Stefens
Ultimo estágio do Squirtle. Cinéfilo, seriemaníaco, vendedor exclusivo de cristais bulerium para Lorde Dragaunus. Nascido e criado no mundo 6, fã de Hitchcock, Spielberg e Ashirogi. Aprendiz de Unagi, Weird e amigo pessoal dos anciões da internet.

Vamos Falar de Série é uma coluna de Blastoise Stefens para o Supremacia Geek. Toda quarta e domingo você encontra reviews e notícias de sua série favorita!

Quantas estrelas você dá para esta Matéria?

Avaliação do Usuário: 4.86 ( 6 votes)
0
  • X1301120415

    A série foi boa, mas a última temporada foi fraca. triste demais deixou o drama ficar muito exagerado e acabou parecendo novela mexicana.Não gostei do final. spoiler! acho que deviam ter aproveitado a mistura diferente de hepatite v e sangue de fada da Sookie matar o Bill vampiro e ele ressuscitar como humano pra ficar junto com o grande amor dele.

    • Mateus Stefens

      Eu achei o final fraco tbm. Não gostei como terminou. A sua ideoa de finaal seria muito melhor do que esse que eles fizeram.

    • Nebraska

      Mas ia ser bem assim o final! Bem como vc falou, a Hep V ia afetar Bill de forma diferente e ele ia acabar virando humano.
      Só que o final vazou na internet, aí acabaram mudando para o final que conhecemos, que eu acho que foi plausível com a história da Sookie.