Home >> Otaku >> Live-Action >> Vamos Falar de Série: Super Choque
Super Choque

Vamos Falar de Série: Super Choque

8 Flares Twitter 3 Google+ 3 Facebook 2 Pin It Share 0 Email -- Filament.io 8 Flares ×

Ou, que diabos o Arameikos tá se metendo na coluna do Blastoise?

 

Olá geeks, hoje foi dia de eleição aqui no HueBR e o Blastoise é mesário, assim, ele não conseguiu editar o Vamos falar de série a tempo e pra vocês não ficarem sem conteúdo, heis-me aqui! Sei que hoje era dia de notícias gerais, mas cá entre nós, não sou tão bom com séries quanto o Blastoise! Vou contar um pouco de novidades DC, mas o post gira mesmo em torno do herói adolescente que fez parte da sua hora do almoço por muito tempo, Super Choque! Vamos lá?


 

Há tempos que se esperava da DC um universo cinemático-televisivo, tipo o que temos da Marvel. Recentemente, isso passou a ser não mais um sonho distante na cabeça dos fãs, e sim algo palpável, desde a chegada de Arrow, mais recentemente Gotham e Flash e também o anúncio de SuperGirl e quem sabe até Jovens Titãs.

Pois bem, pra quem durante muito tempo esperou, chega mais uma notícia foda, ainda mais se você almoçava vendo o Super Choque! Isso mesmo, Super Choque terá sua própria série! De acordo com a Variety, a Blue Ribbon Content, responsável pela produção de conteúdo de formato digital da Warner será a responsável por este entre outros projetos do mundo DC.

O responsável pela série é o diretor/roteirista/produtor Reginald Hudlin.

Super-Choque (Static Shock), foi criado por Dwayne McDuffie em 1993 para a editora Milestone. Na história, o personagem principal, Virgil Hawkins era um adolescente de 15 anos que estava no meio de uma guerra de gangues em Paris Island, na noite do Big Bang (a detonação da bomba de gás experimental que o governo criou para eliminar de vez a ameaça das gangues).

Como a maioria dos sobreviventes, Virgil desenvolveu incríveis poderes e se tornou o que a sociedade e as autoridades passaram a chamar de Meta-Humano. No caso de Virgil, os poderes adquiridos foram a capacidade de gerar e lidar com cargas eletromagnéticas. Agora, sempre que necessário, o franzino Virgil assume a identidade de Super Choque, o super-herói com poderes elétricos.

O personagem ficou bastante conhecido no Brasil pela animação exibida diariamente há alguns anos pelo SBT.

Super Choque

Não se sabe ainda se haverá um crossover entre Super Choque e os outros heróis da DC, mas creio que seria burrice não aproveitar e juntar o Universo de Super-Choque e Flash, visto que temos em Flash algo semelhante ao Big Bang e já se usa na série o termo Meta-Humanos para quem adquiriu poderes após a explosão do acelerador de partículas do laboratório S.T.A.R.

Agora resta esperar e torcer. O que você acha? Seria legal um crossover? E mais, quem você acha que deve interpretar o Virgil / Super Choque? Meu voto vai pro Jaden Smith, acho que seria foda demais!

Bom pessoal, esse foi o Vamos falar de série de hoje, espero que tenham gostado. Quarta-feira tem mais, mas daí, será com o Blastoise, não se preocupem!

8 Flares Twitter 3 Google+ 3 Facebook 2 Pin It Share 0 Email -- Filament.io 8 Flares ×
The following two tabs change content below.
Arameikos Klautzer
Sr Geek Supremo Fodão Pica das Galáxias; Libertador de Mordor e da Terra Média; Senhor Supremo da Antártida; Designer Gráfico em Formação, mas mesmo assim Foda! Degustador Supremo de Cervejas; Lindo, Charmoso, Inteligente e Humilde; Tricampeão do Prêmio Humildade é Tudo Nessa Vida

Vamos falar de série hoje traz como autor convidado o Sr Geek Supremo, Arameikos Klautzer, falando sobre a Live-Action de Super Choque!

Quantas estrelas você dá para esta Matéria?

Avaliação do Usuário: 2.48 ( 2 votes)
0