Home >> Literatura >> HQ's >> Conheça um pouco mais de Jessica Jones, a nova heroína do Netflix

Conheça um pouco mais de Jessica Jones, a nova heroína do Netflix

14 Flares Twitter 6 Google+ 3 Facebook 5 Pin It Share 0 Email -- Filament.io 14 Flares ×

Olá pessoal, hoje trago a vocês as vésperas do lançamento da serie AKA Jessica Jones (ao que tudo indica será lançada neste segundo semestre) um especial com a historia, origem e curiosidades desta grande personagem dos quadrinhos. Borá lá…

Jessica Jones, foi criada por Brian Michael Bendis e desenhada por Mychael Gaydos, teve sua primeira aparição em 2001 na HQ Alias. Foi lançada pelo selo Marvel Max, normalmente as Hqs que são lançadas por esse selo mais “Adulto” possuem a historia retratada com mais violencia grafica e urbana, mostrando o “lado mais sujo e violento” do heroi, basta dar uma olhada nos encadernados do Justiceiro para ter uma noção do que estou falando.

Jessica estava em uma viagem com seus pais, quando sem querer entraram num quartel general que mexia com radiação. Seus pais morreram e ela acabou sendo exposta a radiação e ao acordar do coma acabou adquirindo poderes incriveis, como capacidade de voo, resistência física e força sobre-humana.

Jessica fez uma breve participação da equipe dos Vingadores com o codinome Safira, neste mesmo periodo foi raptada, escravizada e teve sua mente manipulada pelo Homem-Púrpura onde o mesmo antes de liberta-lá deu uma ultima ordem que era simplesmente matar o Demolidor.

Devido ao controle de Killgrave (Homem-Púrpura), Jessica atacou a Feiticeira Escarlate e como resultado foi violentamente atacada pelo Visão na epoca marido da vingadora.

Após acordar do seu segundo coma, Jessica desiste da vida de heroina e passa a ter uma vida considerada normal. Jessica após esses eventos abre uma agencia de investigações chamada de Codinome Investigações.

Jessica Jones

Jessica Jones (foto: Divulgação)

Quando começou a trabalhar como heroina foi chamada para participar da equipe Alias, ela trabalhou em varios casos conhecendo e se tornando amiga da Miss Marvel, Homem-Formiga e seu futuro marido Luke Cage.

Após sair do Alias Jessica trabalhou na revista The Pulse onde descobriu que estava gravida de Cage. Eles então casaram e tiveram uma filha chamada Daniele. Por varias vezes Jessica ajudou a equipe dos vingadores usando o codinome Safira.

Jessica Jones

Jessica Jones, Luke Cage e Daniele (foto: Divulgação)

Nas revistas Ultimate Homem Aranha, ela aparece como uma colega de Peter sem os seus poderes.

Homem-Púrpura é um dos principais inimigos de Jessica, Zebediah Killgrave era um espião soviético que tinha uma missão de se infiltrar em um laboratorio do exercito americano para roubar amostra de um gás experimental.

Ao entrar no laboratorio foi descoberto e o guarda atirou porém acertou o recipiente onde estava o gás, derrubando em cima dele e impregnando uma cor roxa em todo seu corpo.

Após isso foi preso e interrogado, mesmo contando uma historia nada convicente foi liberado e percebeu que o gás havia lhe dado a capacidade de comandar a mente e a vontade das pessoas. A partir daí começou a assumir o nome de Homem-Púrpura e iniciou sua carreira criminosa.

 

É isso aí pessoal, aguardo vocês semana que vem com mais um HQ Suprema.

Fiquem a vontade para curtir, criticar ou elogiar…..

Confira mais e conheça nossa coluna  Vamos falar de série.

14 Flares Twitter 6 Google+ 3 Facebook 5 Pin It Share 0 Email -- Filament.io 14 Flares ×
The following two tabs change content below.
Jefferson Santos
Nasci em Asgard, fui membro da tropa dos lanternas vermelhos e estive presente na invasão Skrull. Sou Geek, Nerd, Gamer, fanatico por filmes, series, desenhos animados, colecionador de quadrinhos, louco por tecnologia e tudo relacionado a esse mundo estranho.

AKA Jessica Jones, um especial com a historia, origem e curiosidades desta grande personagem.

Quantas estrelas você dá para esta Matéria?

Avaliação do Usuário: 4.44 ( 8 votes)
0
  • Mateus Stefens

    qqr semelhança com a série “Alias-Codinome Perigo” não é mera coincidência.
    Belo texto por sinal